sexta-feira, 8 de abril de 2011

Nordeste

A areia parecia nordeste
Crianças jogando vôlei
Tudo era você
Os pés sobre a areia
Sem os sapatos
As ilhotas
Sobreviventes da Usina Sérgio Mota
Que falta me fez
Porquê?
tantas histórias ainda me traz
Anoiteceu
As luzes da porto 15
Já acesas,
garoando e calor
Começava um vento nordeste

Um comentário:

  1. Poesia no fio da navalha da emoção. Nê Sant'Anna

    ResponderExcluir